NEW FADO by José Manuel Ferreira
" TOURO, CHORO POR TI "

Jose-manuel-ferreira-sings_GREEN_TIE111-1

TOURO, CHORO POR TI

Touro, choro por ti
choca-me não poder tocar-te, abraçar-te,
Choca-me

Sou Impotente se não te protejo
do negócio de tortura e morte,
choca-me

Há quem te crie,
te separe da manada
e venda o teu destino ao lucro
Touro, choro por ti

Essa indústria do Turismo
que compra e vende
os bilhetes manchados do teu sangue
Touro, choca-me

Sou impotente no disfrute da tua morte
sinto o teu enfraquecimento induzido
a encenação da vitória da vergonha


Touro, choca-me
sinto-te martirizado

Batem-te,
infligem-te choques eléctricos
angustiam-te na escuridão

Touro, como não me sentir impotente
neste festival de tortura e Morte

É com música que brindam
cada golpe nos teus músculos
toca-me

Vejo-te afogado no teu sangue,
entre o êxtase, a excitação e o aplauso
Touro, como não chorar por ti?

Touro, Sou impotente
perante seres humanos frios

Touro,
há homens e mulheres cegos de vaidade
que te entregam à arena televisiva
e arrastam crianças inocentes e confusas


E tu, olha-las, impotente
E derramas o teu sangue
Enquanto eu choro por ti

Touro, na mão dos exploradores
serves o negócio da vergonha
e tu e o cavalo, teu irmão
correm o risco mortal

Touro, tremes
Ferem-te o pescoço
Tremes

E eu vejo, impotente,
e é nas lágrimas que já não sustenho
que acontece

Vejo as tuas feridas
Oiço estridentemente os teus gemidos
Cortam-te as orelhas, estás vivo
Arrastam-te na arena, como morto

Touro, sinto a tua dor
Touro, lutarei em lágrimas!


© José Kersten & José Manuel Ferreira,
08 de Novembro de 2013